Cães com estômago sensível

Nídia Teiga Alimentação, Problemas de saúde, Saúde

cães estômago sensível

Os cães adoram comer mesmo quando não têm fome. O problema é que existem cães com o estômago sensível e por vezes pode ser difícil detetar isto. Os sintomas nem sempre são os mais óbvios, como por exemplo vómitos ou diarreia. Devemos ter em atenção se existem alterações nas fezes ou se o cão tem gases. Se isto ocorrer muito provavelmente o cão terá problemas de estômago.

E os que comem de tudo?

Existem cães que podem comer de tudo e não sentir nada mas isto depende de como foram criados e onde. Não podemos comparar um cão que comeu ração a vida inteira e um cão vadio. O primeiro será sempre muito mais sensível e poderá apresentar rejeição a alguns alimentos.

Existem também raças mais propensas a ter este problema, como é o caso dos Bulldogs Franceses e Ingleses, os Scottish Terrier e o Yorkshire Terrier. img class=” size-medium wp-image-2692 aligncenter” src=”https://lovepetfood.com/wp-content/uploads/2015/04/Dogs-Dying-After-Eating-Treats-Made-in-China–400×267.jpg” alt=”Dogs-Dying-After-Eating-Treats-Made-in-China-” width=”400″ height=”267″ />

Qual a solução?

A solução é simples: uma alimentação completa e equilibrada.

O cão deve comer duas vezes por dia (isto se já não for um cão bebé), apenas a sua ração, sem petiscos e respeitando os horários. A escolha da ração é bastante importante pois deverá ser uma ração de qualidade e com poucas gorduras para que não prejudique o estômago do animal.
As gorduras para alguns cães são de difícil digestão ao contrário das proteínas e dos hidratos de carbono e poderão ser a causa de irritações e problemas de estômago. O ideal para estes casos é que a ração seja composta por 15% de gordura no máximo. Se a ração cumprir este valor de gordura e o cão continuar com problemas devemos observar a percentagem de fibra. A fibra ajuda a digestão e reduz os sintomas causados.

Se os sintomas de irritações ou problemas de estômago persistirem com a ração atual, será conveniente trocar para uma ração indicada para este tipo de problemas. No entanto, a troca de rações é um processo extramente importante e para evitar causar mais desconforto ao cão, devemos ir misturando aos poucos a nova ração com a atual.
Cada animal tem necessidades especificas, a Love Pet Food pode ajuda-lo a escolher a alimentação mais adequada para cobrir as necessidades do seu cão.

Uma dieta caseira, ocasionalmente, também poderá ser a solução para este problema. Estas dietas devem ser compostas maioritariamente por proteína, como por exemplo frango cozido com um pouco de arroz.

É muito importante para cães com o estômago sensível dosear a ração ou comida que lhes damos para não sobrecarregarmos o estômago do cão.

Apaixonada por animais e o seu melhor amigo é o Dallas, um Boxer muito querido e louco para a brincadeira.

Blogger e Community Manager da Love Pet Food. Licenciada em Economia na Nova School of Business and Economics e mestre em Marketing pelo ISCTE Business School.

Join thousands of pet lovers and get our weekly pawsome newsletter

Every week we send out our newsletter so you don't miss out on our tips, news and all things funny about our four legged friends.