Como treinar o cão por reforço positivo?

Nídia Teiga Dicas para cães, Treino

treinar o seu cão

Os cães como nós sabemos são animais bastante inteligentes e capazes de aprender ao longo de toda a sua vida. Inicialmente as formas de corrigir um cão e as orientações que recebíamos para resolvermos um problema eram punitivas.

Após vários anos de estudos relativos ao comportamento animal foram encontradas soluções positivas para o treino dos cães através do reforço positivo sem assustar, causar medo, dor ou desconforto no cão. Este tipo de treino é eficiente desde que são bebés, quando estamos a ensinar o lugar correto para as necessidades, até à sua idade adulta, quando ensinamos a comportar-se dentro e fora de casa.

 stockvault-black-dog116326

Reforço positivo

Este método não utiliza qualquer tipo de agressividade ou repreensão. O reforço positivo, assim como o nome indica, baseia-se em oferecer coisas ou criar situações agradáveis ao cão em troca de um bom comportamento. Com a repetição dos exercícios e do reforço oferecido os treinos e ensinamentos são fixados e aprendidos pelo cão de forma surpreendente. Este tipo de treino serve também para controlar os comportamentos inadequados através da não compensação o que por sua vez moldará o seu comportamento sem repreensões.

treino dos cães

6 dicas para treinar o cão por reforço positivo:

Dado que este processo poderá ser lento e com poucos resultados nas primeiras sessões deixamos algumas dicas para melhorar:

1- Utilize brinquedos e petiscos para que este responda às suas ordens.

2- Retire do alcance visual do animal todos os objetos que possam causar algum tipo de distração.

3- Evite brincadeiras, durante as aulas, que possam atiçar o cão e desta forma deixá-lo mais excitado.

4- A recompensa deve ser oferecida imediatamente após o cão completar o seu comando e quando este estiver a olhar para si. Não deveremos demorar mais do que 1 ou 2 segundos.

5- Utilize comandos curtos, como “senta”, “deita” ou “fica”. Este tipo de comandos são mais fáceis para o cão decorar e associar a ação correspondente.

6- Repita as aulas todos os dias. É mais eficiente trabalhar com o cão todos os dias 15 minutos do que dia sim, dia não durante uma hora. Se não estiver disponível todos os dias peça a alguém da sua família que o substitua apenas tenha a certeza que os comandos são os mesmos.

Nas primeiras aulas gastará bastantes biscoitos mas com o passar do tempo o cão não necessitará de tantos reforços pois saberá que ocasionalmente receberá uma guloseima. Uma forma de poupar nestas guloseimas é comprar salsichas e cortá-las em pedaços.

O que lhe parece? Vai experimentar?

Apaixonada por animais e o seu melhor amigo é o Dallas, um Boxer muito querido e louco para a brincadeira.

Blogger e Community Manager da Love Pet Food. Licenciada em Economia na Nova School of Business and Economics e mestre em Marketing pelo ISCTE Business School.

Join thousands of pet lovers and get our weekly pawsome newsletter

Every week we send out our newsletter so you don't miss out on our tips, news and all things funny about our four legged friends.