Diferentes brinquedos para diferentes fases da vida

Nídia Teiga Cães, Comportamento, Fun

Os brinquedos e as brincadeiras com os cães não têm apenas a função de os divertir, estes podem também servir para aliviar o stress, a ansiedade por separação, ajudar na descoberta dos dentes e a desenvolverem-se assim como a socializar.

Cabe aos donos estimular as brincadeiras desde pequenos, pois assim estes aprenderão a estabelecer limites tanto com os donos como também com outros cães. Para além dos limites, brincar com os donos ajuda ainda a fortalecer a ligação e confiança que existe entre dono e cão.

No entanto a escolha dos brinquedos e brincadeiras vai depender da idade, peso, raça, temperamento  e da fase em que o cão está. Existe uma panóplia de brinquedos que pode escolher em lojas especializadas e especificas para cães destruidores, calmos, agressivos, entre outros.

Cães bebés

Esta é a fase de descoberta, uma fase agitada, com os dentes a nascer e com muita energia para gastar. As bolas são então um ótimo exemplo nesta primeira etapa, pois ajudam a cansar e a aliviar o crescimento dos dentes. Quanto aos materiais, estes devem ser macios, borrachas naturais e resistentes para que não se desfaçam e o cão não engula. Poderá ainda fazer um brinquedo com as suas tshirts antigas. Comece por cortar várias farripas e de seguida faça uma trança. Este brinquedo não só ajudará nos dentes, como também terá o seu cheiro pelo que a ansiedade por separação sera menor.

Cães adultos

Assim que os dentes de leite tenham caído e o cão já tenha os dentes definitivos poderá utilizar brinquedos de materiais mais duros e resistentes para que este possa morder sem o desmanchar em 3 mordidas.

Quando são adultos o tipo de brinquedos também será diferente consoante a raça, ou seja por exemplo os boxers, cães energéticos, gostam de brincadeiras ao ar livre e de correr pelo que poderá arranjar uma bola ou um frisbee para brincar com ele na rua. Cães mais calmos e pequenos poderão ter brinquedos mais pequenos em casa e que eles consigam brincar sozinhos.

Existe um brinquedo que já falámos aqui, o Kong, que será uma ótima solução caso queira que o cão se entretenha sozinho em casa. Neste caso existem vários tamanhos para os vários tamanhos de cães. Ou seja um Kong maior para cães de porte grande e Kongs pequenos para cães de porte pequeno.

Cães idosos

Só porque têm mais idade não quer dizer que não queiram brincar e para além disso devem ser estimulados para manter a saúde física e psicológica. Renove os brinquedos para despertar o interesse mas pense que neste caso os materiais devem ser novamente macios para não desgastarem os dentes. Brinquedos interativos sem cansar o cão será o ideal.

Todas as brincadeiras que requerem mais esforço ou brinquedos mais “agressivos” devem ser supervisionadas. Outro conselho que deixamos é que deve limpar e higienizar os brinquedos de forma recorrente.  

 

Fotografia: Vicki’s Nature he was loved via photopin (license)

Apaixonada por animais e o seu melhor amigo é o Dallas, um Boxer muito querido e louco para a brincadeira.

Blogger e Community Manager da Love Pet Food. Licenciada em Economia na Nova School of Business and Economics e mestre em Marketing pelo ISCTE Business School.

Join thousands of pet lovers and get our weekly pawsome newsletter

Every week we send out our newsletter so you don't miss out on our tips, news and all things funny about our four legged friends.