Diferentes desparasitantes externos

Nídia Teiga Cães, Gatos, Saúde

Já por várias vezes aqui dissemos o quão importante é desparasitar o seu animal, para que os mesmos não fiquem infestados de parasitas. Existem as desparasitações internas e as externas e no que diz respeito às externas podemos atacar com coleiras, pipetas ou comprimidos.

Todas as técnicas protegem os animais das pulgas e carraças,mas tal como todos os medicamentos a sua composição poderá fazer com que os animais fiquem ainda mais protegidos de outros parasitas, como por exemplo ácaros, parasitas internos, entre outros.

A duração da proteção de cada tipo de desparasitante é diferente: para os comprimidos a duração é de 1 ou 3 meses; a pipeta é de 1 mês e por fim a coleira é de 4 a 8 meses.

Desparasitantes

Comprimidos

Bravecto – um dos mais utilizados, este comprimidos têm uma duração de 3 meses e protege contra as pulgas, carraças e em alguns casos ajuda a tratar a sarna demodécica.

Nexgard – menos utilizado e com a duração de um mês, protege contra pulgas e carraças.

Pipetas

Neste campo é natural que surjam várias opções, pois os insetos conseguem, com tempo, criar imunidade a este tipo de desparasitante, pelo que deverá perguntar ao seu veterinário qual a melhor opção. Deve ainda ser aplicada na parte de trás do pescoço, local onde o cão ou gato não tenham acesso e em contacto com a pele.

Advantix – mosquitos, pulgas e carraças;

Frontline – pulgas, carraças e piolhos;

Actuvyl Plus – pulgas, carraças e mosquitos.

Coleiras

É fácil de identificar quando um cão ou gato está a utilizar uma destas coleiras, pois trata-se de uma coleira branca ou cinzenta.

Scalibor – muito utilizada, protege contra mosquitos (incluindo o da leishmaniose) e carraças. Tem a duração de 4 meses para as pulgas e 6 meses para os outros parasitas;

Seresto – protege as pulgas e repele as carraças e tem a duração de 8 meses.

Comparação

A principal diferença entre as pipetas e as coleiras é a duração do efeito das mesmas. No entanto no caso das pipetas a distribuição pelo corpo acaba por ser mais uniforme e consequentemente mais eficaz. No caso dos comprimidos estes distribuem os princípios ativos desde o interior até ao exterior do animal, o que se tem revelado mais eficaz do que outros.

Fotografia: Christine Schmitt Black and White Nose [explored] via photopin (license)

Apaixonada por animais e o seu melhor amigo é o Dallas, um Boxer muito querido e louco para a brincadeira.

Blogger e Community Manager da Love Pet Food. Licenciada em Economia na Nova School of Business and Economics e mestre em Marketing pelo ISCTE Business School.

Join thousands of pet lovers and get our weekly pawsome newsletter

Every week we send out our newsletter so you don't miss out on our tips, news and all things funny about our four legged friends.