Maggie, a cadela mais velha do mundo, morre aos 30 anos

Nídia Teiga Cães, Histórias

maggie

Morreu a cadela mais velha do mundo. Maggie the Kelpie morreu com 30 anos, ou seja mais de 200 anos humanos.

Brian McLaren, o dono, foi quem encontrou a sua companheira já sem vida. Maggie partiu durante o sono e sem sofrimento. Brian conta ainda, que durante a semana da sua morte Maggie esteve sempre bem, fazendo as suas caminhadas e ladrando para os gatos. “Estou triste, mas satisfeito por ter partido como partiu” comentou no The Weekly Times.

Infelizmente Brian McLaren nunca conseguiu provar que a Maggie the Kelpie seria oficialmente o cão mais velho do mundo pois perdeu os seus papeis. No entanto recorda-se com bastante clareza que trouxe a sua amiga para casa quando o seu filho tinha 4 anos, tendo ele agora 34.

Oficialmente, ou seja no registo e segundo o The Independent o título de cão mais velho do mundo pertence a Bluey, um cão australiano que viveu 29 anos e 5 meses.

Maggie já foi sepultada na propriedade da família, junto de um outro cão.

Apaixonada por animais e o seu melhor amigo é o Dallas, um Boxer muito querido e louco para a brincadeira.

Blogger e Community Manager da Love Pet Food. Licenciada em Economia na Nova School of Business and Economics e mestre em Marketing pelo ISCTE Business School.

Join thousands of pet lovers and get our weekly pawsome newsletter

Every week we send out our newsletter so you don't miss out on our tips, news and all things funny about our four legged friends.