O seu cão salta para cumprimentar?

Nídia Teiga Dicas para cães, Treino

cão a saltar

Bobi senta! Dallas está quieto! Gastão não! Quantos de nós não repetimos estas frases vezes sem conta aos nossos cães quando chegamos a casa? A excitação por nos ver é tanta que saltam até lhes darmos alguma atenção. Mas o pior é quando o fazem às visitas ou às pessoas na rua. Por mais querido e afável que seja, este comportamento pode ser perigoso pois podem acabar por magoar alguém.

Na maioria das vezes este problema não é do cão mas sim do dono e da sua autoridade enquanto líder da matilha. Mas não desesperem, tem solução!

cao_sentado

A solução:

A primeira solução e a mais eficaz é ensinar o comando “senta” ao cão. Ensine-o utilizando um biscoito ou outro petisco que ele goste. O comando deve ser dito com uma voz firme ao mesmo tempo que apontamos para o chão. Este deve permanecer nesta posição até que você lhe diga para se levantar. Isto irá ensinar o cão que quem tem o controlo é você. Se ele não obedecer não deve desesperar e deve insistir e ter paciência até que ele obedeça.

Depois de este obedecer na perfeição, o próximo passo é praticar este exercício mas a alguma distância. Comece pela sala e vá aumentando o espaço, mas lembre-se que deve manter sempre o contacto visual. Tenham também sempre à mão a guloseima que ele mais gosta para o poder recompensar caso este obedeça. Por último pratique o mesmo exercício mas com alguém a bater à porta. O cão vai querer saltar e irá ficar bastante excitado. A nossa missão é, mal toquem a porta darmos o comando “senta”. Provavelmente este não obedecerá à primeira, mas mais uma vez não desista e só abra a porta quando este não se aproximar dela. Desta forma ele irá perceber que as pessoas só entrarão quando ele obedecer ao comando.

cão sentado

As mesmas regras para os donos

Não adianta ensinarmos os cães a sentar e não saltar para as visitas se quando chegamos a casa os deixamos saltar para cima de nós. Não podemos esperar que o cão saiba distinguir os diferentes tipos de cumprimentos. Poderá custar-lhe rejeitar o seu amigo mas lembre-se que é para o bem de todos. Se não conseguir resistir, ponha-se de joelhos e cumprimente-o. Isto mostrará o quanto está contente mas não lhe dá a oportunidade de saltar. O problema neste método é que as visitas terão de fazer o mesmo, o que nem sempre é possível.

Todos sabemos que os cães não aprendem da mesma maneira nem ao mesmo ritmo. A periodicidade deste processo varia de cão para cão e de dono para dono. O importante é lembrar-se que não pode desistir nem mesmo quando vai à rua ou de viagem. Por isso ande sempre com guloseimas e treine-o em diferentes ambientes.

Apaixonada por animais e o seu melhor amigo é o Dallas, um Boxer muito querido e louco para a brincadeira.

Blogger e Community Manager da Love Pet Food. Licenciada em Economia na Nova School of Business and Economics e mestre em Marketing pelo ISCTE Business School.

Join thousands of pet lovers and get our weekly pawsome newsletter

Every week we send out our newsletter so you don't miss out on our tips, news and all things funny about our four legged friends.