Posso dar fruta ao meu cão?

Nídia Teiga Alimentação, Saúde

Frutas_cão_saude

No verão a busca por alimentos frescos e leves não faz só parte do pensamento e desejo das pessoas. O que nos apetece são saladas, sumos e fruta, refeições de digestão fácil. Os animais também partilham desta necessidade e se pensarmos bem, a vontade de comer dos nossos animais quando está muito calor diminui.

Para responder a este desejo devemos estar bastante informados quanto ao tipo de comidas que podemos oferecer. A Love Pet Food poderá ajudá-lo a escolher quais as frutas que pode dar ou não ao seu animal, neste caso ao seu cão.

Posso dar fruta ao meu cão?

Sim pode, apenas tem de ter atenção e alguns cuidados. Passas, uvas e nozes de macadâmia não deverão constar na ementa do seu cão. Deverá também excluir as cascas dos citrinos pois estas contêm uma grande quantidade de óleos essenciais que não devem ser ingeridos. O abacate poderá causar vómitos, diarreia e alterações nos batimentos cardíacos. Evite a parte da fruta que contenha sementes e caroços pois estes poderão levar ao envenenamento.
Se deseja saber mais sobre alimentos proibidos, consulte no nosso blog: lovepetfood.com/blog/alimentos-proibidos-para-caes

fruta cão

Que fruta posso dar e quais são os seus benefícios?

strong>Banana: em pequenas quantidades pois esta é rica em potássio, fibra e vitaminas. Ajuda na função intestinal e aumenta a energia.

Laranja: sem casca e sem caroços. Possui antioxidantes e é uma grande fonte de vitamina C que ajuda a controlar a pressão arterial. Se o seu cão sofrer de gastrite este alimento não é recomendado.

Maçã: sem caroços. Aumenta a imunidade e regula os valores da glicémia.

Manga: fortalece o sistema imunológico, evita o envelhecimento precoce e diminui o risco das doenças degenerativas. Deve ser oferecido sem casca e sem caroço.

Melancia: fonte de vitamina A, B6 e C. Deve ser ingerida em pequenas quantidades sem sementes e sem casca.

Melão: contém cálcio, fósforo, ferro, vitamina B6 e C. Reduz o risco de cancro e previne danos celulares. Deve ser consumido sem casca e sem caroços.

Mirtilo: rico em antioxidantes o que ajuda nas funções neurológicas e no combate ao cancro. Deve ser consumido em poucas quantidades e poderá ser com casca.

Morango: com pele e em quantidades moderadas ajuda a função cerebral.

Pêra: sem sementes e sem caroço. Fonte de potássio, sais minerais e vitaminas A, B1, B2 e C. Protege o intestino de doenças inflamatórias.

Kiwi: deve ser consumido em pequenas quantidades e sem casca para ajudar a fortalecer os ossos e tecidos.

Abacaxi: para cães que comem fezes, esta poderá ser a solução. Incluir um pouco de abacaxi na sua dieta poderá travar este comportamento.

A escolha das frutas deverá ser sempre de acordo com a opinião do seu veterinário. Alguns animais poderão ser alérgicos e desta forma o consumo de algumas frutas levará a reações que o animal não está habituado.

O consumo de frutas deve ser moderado dado que em excesso este alimento poderá levar à obesidade.

Apaixonada por animais e o seu melhor amigo é o Dallas, um Boxer muito querido e louco para a brincadeira.

Blogger e Community Manager da Love Pet Food. Licenciada em Economia na Nova School of Business and Economics e mestre em Marketing pelo ISCTE Business School.

Join thousands of pet lovers and get our weekly pawsome newsletter

Every week we send out our newsletter so you don't miss out on our tips, news and all things funny about our four legged friends.